shake dreams from your hair


Awake
Shake dreams from your hair
My pretty child, my sweet one
Choose the day and choose the sign of your day
The day’s divinity, first thing you see
A vast radiant beach in a cool jeweled moon
Couples naked race down by it’s quiet side
And we laugh like soft, mad children
Smug in the woolly cotton brains of infancy
The music and voices are all around us
Choose they croon the Ancient Ones
The time has come again
Choose now, they croon beneath the moon
Beside an ancient lake
Enter again the sweet forest
Enter the hot dream come with us
Everything is broken up and dances

Anúncios

awake


acabo sempre andando por estas bandas, veja-se aqui. confesso que não passo os 40 minutos atento ao que o jim diz. nem quero. desligo muitas vezes – também porque gosto muito da trilha sonora ao fundo. e claro, muito do que o jim diz faz parte de um outro fundo, entranhado. os doors chegaram no momento certo, há mais de 20 anos suponho.

vuelvo al sur


Vuelvo Al Sur
Vuelvo al Sur,
como se vuelve siempre al amor,
vuelvo a vos,
con mi deseo, con mi temor.
Llevo el Sur,
como un destino del corazon,
soy del Sur,
como los aires del bandoneon.
Sueño el Sur,
inmensa luna, cielo al reves,
busco el Sur,
el tiempo abierto, y su despues.
Quiero al Sur,
su buena gente, su dignidad,
siento el Sur,
como tu cuerpo en la intimidad.
Te quiero Sur,
Sur, te quiero.
Vuelvo al Sur,
como se vuelve siempre al amor,
vuelvo a vos,
con mi deseo, con mi temor.
Quiero al Sur,
su buena gente, su dignidad,
siento el Sur,
como tu cuerpo en la intimidad.
Vuelvo al Sur,
llevo el Sur,
te quiero Sur,
te quiero Sur…

parisienne walkways

não sou muito fan de gary moore. conheço still got the blues e pouco mais. mas hoje,   não sei porque, deu vontade de ouvir os bendings dele. calhou ouvir parisienne walkways. e pronto, soube pelo youtube que ele já não está entre nós desde 6 de fevereiro de 2011.

keane campo pequeno 20-10-2012


não gosto de tudo de keane. mas gosto muito de this is the last time. acho que busco neles aquela primeira impressão que tive ao ouvi-la. adoro a linha melódica e harmónica, basicamente. só prestei atenção na letra durante o concerto, eu acho. o conceito de keane é interessante. quatro gajos e três instrumentos: piano, baixo e bateria. às vezes há uma guitarra.